Amanhã você continua de onde parou

À escrivaninha. 23°C lá fora. Céu azulíssimo! Dia iluminado de outono. As manhãs têm sido frescas e as noites, frias. Os dias ainda continuam ensolarados. Hoje não ouvi os bem-te-vis… A vida está voltando a algum tipo de normalidade, seja lá o que isso signifique, e as atividades aumentam à medida que retornamos ao mundo. … Ler mais

Que caiam as máscaras

À escrivaninha. 32°C lá fora. Céu encoberto. Vento fabuloso levando as cortinas às alturas. Precisei sair para atestar minha vida, a fim de continuar recebendo os proventos da aposentadoria. Entrei no Uber, distraída . Preciso concentrar-me no presente. Três quarteirões à frente, observei o motorista sem máscara. Questionei por que estava sem máscara e ele … Ler mais

O que estamos fazendo de nossa vida

À escrivaninha. 28°C lá fora. Manhã abafada, com céu nublado e um mormaço estranho. Verão no Rio caminhando para o fim. O distanciamento social, nesta pandemia de Covid-19, não me livrou de sintomas – leves, sim, mas persistentes, Sinto-me grata e aliviada, por estar em casa, sem febre e sem complicações. Viva o SUS e … Ler mais

Nos sonhos, tudo é possível

À escrivaninha. 24°C lá fora. Céu nublado. Tempo chuvoso e refrescante – trégua, após dias de intenso calor. Barulho de chuva e cheiro de terra molhada trazem reminiscências da infância. Enquanto permaneço em casa, o maior tempo possível (variante Omicron segue implacável), tento criar hábitos melhores para o meu bem-estar físico e emocional. Não planejei … Ler mais

Vivendo em meu casulo

À escrivaninha. 32°C lá fora. Céu maravilhosamente azul com nuvenzinhas brancas. O sol brilha nesta deslumbrante tarde de primavera. Acordo, todos os dias, esquecendo, por um segundo, o vírus. Imediatamente eu me lembro e agradeço pela vida. Neste momento, cerca de 1 ano e meio de pandemia, ainda estou encasulada. São tempos difíceis e ninguém … Ler mais