Nos sonhos, tudo é possível

À escrivaninha. 24°C lá fora. Céu nublado. Tempo chuvoso e refrescante – trégua, após dias de intenso calor. Barulho de chuva e cheiro de terra molhada trazem reminiscências da infância. Enquanto permaneço em casa, o maior tempo possível (variante Omicron segue implacável), tento criar hábitos melhores para o meu bem-estar físico e emocional. Não planejei … Ler mais

A vida é mais tempo alegre do que triste

À escrivaninha. 27°C lá fora. Céu nublado. Dia chuvoso. Olho pela minha janela e vejo um pássaro voando sobre o telhado do prédio em frente, enfrentando a chuvinha fina. Os bem-te-vis cantam tímidos. Talvez não gostem de dias nublados… Conforme o tempo passa, as coisas se desgastam. A natureza segue impávida. Conforme o tempo passa, … Ler mais

Madame Fifi

À escrivaninha. 22°C lá fora. Céu nublado e uma brisa fria entra pela janela. A chuvinha ainda está por aqui. Os passarinhos estão bem animados hoje. Percebo que tenho usado muito de meu tempo tentando atender às necessidades dos outros. Entendo que há áreas da minha vida que são minha responsabilidade, e outras, não. Então, … Ler mais

Olhos molhados e coração seco

À escrivaninha. 16°C lá fora. Céu acinzentado. Nenhuma nuvem. Mãos gelados e corpo aquecido pelos exercícios terapêuticos do Lion Gong. A gargalhadas de minha neta. O balançar dos pés quando sentada. As mesmas mãos. Ela usa a camisa dele. A única que guardei por tantos anos. A onda de emoção me sufoca. Meus olhos se enchem … Ler mais

De que sentimentos preciso nestes tempos tão estranhos?

À escrivaninha. 23°C lá fora. Céu encoberto e uma brisa fria sugerem meias para aquecer os pés. Estive pensando a respeito de mudanças necessárias em meu estado de espírito, daqui para a frente. Há sentimentos que, definitivamente, precisam ser alimentados. Outros, devem ser exterminados de minha vida. Nestes anos de pandemia precisamos de muita sabedoria para equilibrar emoção … Ler mais

Procurar alegria em meio à dor

À escrivaninha. 22°C lá fora. Chove desde cedo. Outono molhado e melancólico. São tantas notícias ruins, que só penso em viver cada dia com gratidão e leveza. A vida é cheia de momentos de muitas alegrias, se decidirmos focar neles. Precisamos resistir ao ímpeto de apenas mergulhar nos problemas e não atentarmos ao que nos … Ler mais

À procura de alegria

À escrivaninha. 34ºC lá fora. Céu azulzíssimo e um calor outonal maravilhoso. Amo este tempo. Dias lentos e ocupados. Decidi, no início da pandemia, que tipo de semana eu queria ter e criei alguns hábitos. Tem funcionado bem para mim, até o momento.. Definitivamente, não sigo mais nenhuma rotina específica. O que preenche a minha vida … Ler mais