Mais uma primavera

À escrivaninha. 18°C lá fora. Chove sem parar, aquela chuvinha contínua e fria. O barulhinho de fundo perfeito para escrever, em uma manhã de domingo. Em alguns dias, irei amanhecer, oficialmente, um ano mais velha. Na percepção de mim mesma, aos 65, não me sinto “mais” velha, até olhar no espelho. Aparentemente, meus grisalhos e … Ler mais

Amanhã você continua de onde parou

À escrivaninha. 23°C lá fora. Céu azulíssimo! Dia iluminado de outono. As manhãs têm sido frescas e as noites, frias. Os dias ainda continuam ensolarados. Hoje não ouvi os bem-te-vis… A vida está voltando a algum tipo de normalidade, seja lá o que isso signifique, e as atividades aumentam à medida que retornamos ao mundo. … Ler mais

Mova-se em busca da energia do sol

À escrivaninha.  25°C lá fora. O céu está cinzento. A primavera continua fria e nublada, mesmo com um solzinho tímido. Quero luz e calor! Enquanto você ainda tem condições, vá a lugares, faça coisas. Esta frase, que ouço frequentemente, finalmente, me impactou, quando visitei meu pai, há alguns dias. Ele segue o mesmo padrão de … Ler mais

Gratidão por quem cuidar de mim

À escrivaninha. 21°C lá fora. O céu está lindamente azul com muitas nuvenzinhas. A primavera chegou fria e nublada, mas muito bem-vinda. Tenho pensado muito em como tornar meu corpo sustentável para tornar a velhice mais confortável e menos dolorosa. Estou disposta a prestar mais atenção em minha alimentação, aumentar minha movimentação e desenvolver minha emoção … Ler mais