Narrar é selecionar detalhes

À escrivaninha. 22°C lá fora. Manhã nublada. Distanciamento social. Assisto às aulas do curso Escrita Criativa, em um aplicativo, todas as manhãs. O professor diz: “narrar é selecionar detalhes”. Com este olhar seletivo, escolho o que me parece relevante. O que meu coração seleciona como tocante. Não quero registrar o que fere e decepciona. Realismo … Ler mais

Paz em meio ao caos

À escrivaninha. 24°C lá fora. Chove muito, desde ontem. Pessoas que desafiam o distanciamento imposto, recolhem-se das ruas. As minhas prioridades mudaram diante desta epidemia. Os meus planos e compromissos do dia a dia já não me parecem muito importantes. Especialmente, agora, em que recomendações sobre distanciamento social criam ansiedade, percebo que preciso me concentrar … Ler mais

Saúde é o que realmente importa

À escrivaninha. 33° lá fora. Permaneço dentro de casa, para cumprir a determinação do governo, a fim de evitar a disseminação do Coronavírus que assola o mundo. Temos de nos adaptar às circunstâncias e fazer o possível para permanecer em segurança. De acordo com as estatísticas, idosos são um grupo de risco. Viver um dia … Ler mais

Não se apresse

À escrivaninha. 36°C lá fora. Vamos com calma porque está fogo! Quando você aposenta, há menos necessidade de se apressar. Estou, gradualmente, aprendendo a desacelerar um pouco. E nunca me apressar. Nunca se apressar relaciona-se à ideia de diminuir o estresse da correria diária e focar em momentos significativos. Trata-se de fazer uma pausa, respirar … Ler mais