Prioridade: felicidades momentâneas

À escrivaninha. 22°C lá fora. Céu nublado e estranhamente triste. Perspectiva de tempestade à noite. Tenho me sentido como aquele menino no filme: “tira casaco; bota casaco”, dada a instabilidade da temperatura estes dias. A sabedoria da meia-idade e a experiência de quatro décadas organizando minhas casas, me revelaram que os objetos e todas essas … Ler mais

Sem diário de reflexões pessoais

À escrivaninha. 27°C lá fora. Céu nublado e uma brisa maravilhosa outonal. Sobre escrever reflexões em cadernos, eu mantinha um fabuloso diário de reflexões absolutamente pessoais. Não escrevia um diário. Encaro meu antigo caderno como espaço de reflexão em que podia analisar meus sentimentos e pensamentos. E dizer para mim mesma o que não devia dizer às pessoas. … Ler mais

Colocar-me no topo de minha lista

À escrivaninha. 26°C lá fora. Céu nublado e triste. Primavera em clima de melancolia. Estou aposentada e com mais tempo em casa, devido à pandemia. Entretanto, em alguns dias, ainda sinto que não há horas suficientes para tudo que quero fazer. Eu sou uma pessoa que planeja. Mesmo na aposentadoria, preciso ter listas e agendas. … Ler mais

Mova-se em busca da energia do sol

À escrivaninha.  25°C lá fora. O céu está cinzento. A primavera continua fria e nublada, mesmo com um solzinho tímido. Quero luz e calor! Enquanto você ainda tem condições, vá a lugares, faça coisas. Esta frase, que ouço frequentemente, finalmente, me impactou, quando visitei meu pai, há alguns dias. Ele segue o mesmo padrão de … Ler mais

Gratidão por quem cuidar de mim

À escrivaninha. 21°C lá fora. O céu está lindamente azul com muitas nuvenzinhas. A primavera chegou fria e nublada, mas muito bem-vinda. Tenho pensado muito em como tornar meu corpo sustentável para tornar a velhice mais confortável e menos dolorosa. Estou disposta a prestar mais atenção em minha alimentação, aumentar minha movimentação e desenvolver minha emoção … Ler mais