Aposentar-se é escrever um novo capítulo no livro da vida

À escrivaninha. 14ºC lá fora. Céu nublado. Um vento frio me estremece. Vejo a aposentadoria como um novo capítulo de um livro, com variações no tema central e novas inserções no enredo. Com essa perspectiva aliada à minha personalidade impulsiva e intempestiva, mergulhei totalmente no enredo de minha aposentadoria. Eu continuo a acordar cedo com … Ler mais

De que sentimentos preciso nestes tempos tão estranhos?

À escrivaninha. 23°C lá fora. Céu encoberto e uma brisa fria sugerem meias para aquecer os pés. Estive pensando a respeito de mudanças necessárias em meu estado de espírito, daqui para a frente. Há sentimentos que, definitivamente, precisam ser alimentados. Outros, devem ser exterminados de minha vida. Nestes anos de pandemia precisamos de muita sabedoria para equilibrar emoção … Ler mais

Eu gosto de ficar dentro de minha casa feito um gato

À escrivaninha. 24°C lá fora. Céu nublado. Solzinho tímido de outono. Eu gosto de ficar quieta dentro de casa. Parafraseando Roseana Murray, gosto de ficar em casa feito um gato. Não aprecio aglomerações e tento evitá-las com determinação. Mais de um ano em casa solidificou esta minha característica. Sair para a rua parece-me a coisa mais difícil … Ler mais

Já pensou em mudar completamente de lugar?

À escrivaninha. 28º lá fora. Após a efervescência dos dias de verão, estamos aproveitando temperaturas mais amenas. Logo chegará o outono, a estação perfeita. Minhas amigas confidenciaram-me seus planos de mudarem para outro lugar, fora do Rio, com praias maravilhosas e com pouca badalação. Morar no interior, onde haja uma infraestrutura de saúde razoável ou … Ler mais

Coisas que aprendi em 1 ano de blog

À escrivaninha. 37°C lá fora! O “Hell” de Janeiro literalmente. Amo calor e sol. Não amo altas temperaturas. Sofremos as consequências das mãos humanas na natureza. O aniversário de um ano deste blog foi no dia 20 de janeiro! Hoje, faço uma reflexão para marcar esta ocasião, reunindo algumas coisas que aprendi ao longo deste … Ler mais

Lição que aprendi no ano velho de2020

À escrivaninha. 31º C lá fora. Céu limpo, com um azul clarinho e nuvens, muitas nuvens. E um calor escaldante, com sensação térmica de 34°C, característico desta cidade. Primeira semana de janeiro, e não tenho planos ou metas definidas para o ano novo, diante da incerteza de uma vacina para a epidemia. Há, apenas, uma … Ler mais

Como foi passar dezembro na pandemia

À escrivaninha. 31°C lá fora. Céu encoberto com nuvens e muito calor, com sensação térmica de35°. Verão está anunciando sua breve chegada. Embora o Natal esteja chegando, ainda estou preocupada com os efeitos da Covid-19 em nossas vidas. A epidemia nos deixa meio melancólicas e na expectativa de que algo aconteça. Enquanto a vacina não … Ler mais

Por que estou vendo a vida passar

À escrivaninha.  28 º lá fora. O céu permanece nublado, esbranquiçado. Parou de chover. O sol primaveril apareceu, sobre o céu encoberto. No grupo de mulheres de que participo, discutíamos sobre envelhecimento saudável. Uma amiga querida citou-me como um exemplo de envelhecer com ternura e naturalidade. Refleti sobre isto e constatei que não tenho problemas típicos … Ler mais

Aprendi a ficar isolada, mas feliz

À escrivaninha. 21ºC lá fora, com sensação de 20ºC. Inverno despedindo-se. Minha amiga Tetê me disse, ontem, durante nossa conversa em vídeo, que eu preciso sair de casa para tomar sol, ou terei problemas. Quando a ouvi dizer esta última palavra, pensei que se referia ao fato de eu me isolar do convívio social. Imaginei, … Ler mais

Como encontrar graça nos cabelos grisalhos

À escrivaninha. 22ºC lá fora, nublado, com chuvinha e friozinho carioca. Finalmente, inverno, no Rio. No reencontro com minha amiga Sandra, antes da pandemia, ela me disse que eu não havia mudado nada, estava muito bem e só precisava pintar o cabelo. Imagina, de jeito nenhum! Liberdade. É incrível como tentam nos obrigar aos artifícios … Ler mais