Coloque a máscara de oxigênio primeiro

À escrivaninha, 35°C lá fora. Céu azul limpíssimo, porém nublado. Parece verão, mas estamos na primavera.

Um hábito fundamental para preservar nossa saúde mental é semelhante ao que ouvimos nas companhias aéreas: ” Coloque sua própria máscara de oxigênio, antes de ajudar outras pessoas”.

Uma das coisas importantes sobre o envelhecimento é sabermos quando colocar a “máscara de oxigênio”. Estou me policiando para viver em meus próprios termos, em vez de como os outros querem que eu seja.

Durante todos esses meses de isolamento social, venho aprendendo a fazer o que desejo. Estou mais consciente de que posso pensar em mim em primeiro lugar. Colocar minha saúde física e mental como prioridade. Focar no que me traz alegria e expulsar os sentimentos negativos quando eles chegam.

O que me mantém sã, nos últimos meses, é viver no momento presente. Viver cada dia, com as alegrias e os percalços à medida que surgem.

Ainda não me sinto à vontade, nesse mundo lá fora, antes da vacina para o covid-19. Tenho tentado aproveitar o tempo em casa, apesar de todas as restrições que a pandemia trouxe. Mantenho meu cérebro saudável ocupando-me em meus projetos: escrever no blog e mediar o Clube do livro virtual, além de outras atividades que me trazem alegria.

É um exercício diário, “colocar a máscara de oxigênio primeiro”, antes de pensar nas necessidades dos outros. Estou convencida de que não há outra maneira para continuar saudável emocionalmente: proteger-se antes.

Imagem: Edward Jenner no Pexels