Como incorporei novas (velhas) atividades de lazer

À escrivaninha. Faz 27°C lá fora! Chuva, enfim, após dias tórridos no verão carioca. Confinada no apartamento, adaptamos a vida, com atividades de lazer, regadas a muita água gelada, banhos frios e ventiladores.

Desde que entramos em distanciamento social, tenho me esforçado para realmente apreciar as pequenas coisas que me dão prazer. Impressiono-me como o simples fato de desfrutar as pequenas coisas aumenta minha felicidade.

Embora a aposentadoria me proporcione novas experiências, estou consciente de que algumas delas surgem um pouco atrasadas. É o caso de séries famosas, assistidas por quase todo o planeta, e a que eu nunca havia assistido um único episódio. Ou conhecer novas pessoas, através de conferências online.

Somente há alguns meses, comecei a assistir a Arquivo X. Terminei a 11ª temporada, apenas no mês passado. Descobri, também, todas as temporadas de Downton Abbey disponíveis no Amazon Prime. Então, iniciei a saga da família Crawley, uma década depois de todos. 

Isso é absolutamente normal para mim. Tenho tempo. Não tenho pressa. Sigo um ritmo peculiar em meus dias de distanciamento social. Há espaço para aprender e criar. Há disponibilidade para o inesperado neste atual estilo de vida.

A outra nova experiência que decidi ter, neste novo ano de pandemia, foi entrar em uma discussão online, com pessoas desconhecidas. Eu tive a ousadia de interagir, várias vezes, como se já os conhecesse. Foi muito interessante.

Como já escrevi, várias vezes, aqui, participo de um clube de livros online, com algumas amigas e um amigo. Um compromisso que assumo, animadamente, a cada duas semanas, há um ano. Recentemente, entretanto, participei da discussão, em um outro clube do livro virtual, com novas pessoas.

Sempre sinto que aprendo algo com outras pessoas, ouvindo suas ideias e pensamentos sob diferentes perspectivas. Já estou lendo o próximo livro da discussão para participar novamente.

Engajar-me em discussões com pessoas estranhas, sobre livros, é um novo prazer que me concedi. Assistir a series antigas, muitos anos depois que terminaram, tem me proporcionado momentos de descontração maravilhosos. São pequenos novos prazeres que me permito ter.

Após tomar as duas doses de vacina contra a COVID-19, talvez eu comece a sair de casa um pouco. Assim, quem sabe, incorporarei uma nova atividade de lazer , ao ar livre.

Foto de Anete Lusina no Pexels

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.