Eu levo o seu coração comigo

À escrivaninha. 22°C lá fora. Noite chuvosa e aconchegante. Lembrei-me das segundas com poesia que eu mantinha em antigo blog. Pensei em começar o domingo poético por aqui.

Este post participa do projeto *BEDA, e me propus a postar sobre livros e literatura no mês de agosto.

Para o décimo terceiro post participante do projeto, vou compartilhar um poema que ouvi, pela primeira vez, há alguns anos, no filme In her shoes ( No seu lugar). A personagem de Cameron Diaz, Maggie, recita um poema de E. E. Cummins para a irmâ. Esta cena com a poesia é a coisa mais linda de se ver e ouvir.

Vamos ao poema:

[i carry your heart with me(i carry it in]

E. E. CUMMINGS

i carry your heart with me(i carry it in

my heart)i am never without it(anywhere

i go you go,my dear; and whatever is done

by only me is your doing,my darling)

i fear

no fate(for you are my fate,my sweet)i want

no world(for beautiful you are my world,my true)

and it’s you are whatever a moon has always meant

and whatever a sun will always sing is you

here is the deepest secret nobody knows

(here is the root of the root and the bud of the bud

and the sky of the sky of a tree called life;which grows

higher than soul can hope or mind can hide)

and this is the wonder that’s keeping the stars apart

i carry your heart(i carry it in my heart)

“[i carry your heart with me(i carry it in]” Copyright 1952, © 1980, 1991 by the Trustees for the E. E. Cummings Trust, from Complete Poems: 1904-1962 by E. E. Cummings, edited by George J. Firmage.

Tradução livre

Eu levo o seu coração comigo

e. e. cummings

eu levo o seu coração comigo (eu o levo no
meu coração)
eu nunca estou sem ele (a qualquer lugar
que eu vá, meu bem, e o que que quer que seja feito
por mim somente é o que você faria, minha querida)
tenho medo
que a minha sina (pois você é a minha sina, minha doçura) eu não quero
nenhum mundo (pois bonita você é meu mundo, minha verdade)
e é você que é o que quer que seja o que a lua signifique
e você é qualquer coisa que um sol vai sempre cantar
aqui está o mais profundo segredo que ninguém sabe
(aqui é a raiz da raiz e o botão do botão
e o céu do céu de uma árvore chamada vida, que cresce
mais alto do que a alma possa esperar ou a mente possa esconder)
e isso é a maravilha que está mantendo as estrelas distantes
eu levo o seu coração ( eu o levo no meu coração)


(Tradução: Regina Werneck)

É isso. Maravilhosidade.

Uma ótima semana para vocês.

Foto de Will O na Unsplash


* Este post faz parte do BEDA – Blog Every Day (April/August), um projeto coletivo em que os blogs se propõem a postar todos os dias do mês. Ele pode acontecer em Abril e/ou em Agosto.


About the Author

One thought on “Eu levo o seu coração comigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

You may also like these