Vida após a meia-idade

À escrivaninha. Manhã nublada. 23° lá fora. Sonhei que criava um blog. Acordei e aqui estou.

Passei da metade da vida há alguns anos. O tempo é passageiro. Não quero perder tempo com coisas que não me ajudem a ser alguém melhor. Não sou perfeita e não precisa ser.

Estou aqui para escrever sobre saúde e bem-estar, estilo de vida, e sobre como se redescobrir e prosperar após os 60 anos.

Quero que a segunda metade de minha vida seja para aproveitar o máximo os momentos. Viver sem arrependimento, apreciar o que é importante e me concentrar nisso.

Mulheres acima de 60 anos aprendem, experimentam e se divertem. Há vida após a meia-idade!

Boas-vindas!

Imagem: Pexels

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.