Nesta época

À escrivaninha. 19 C lá fora. O sol insinua-se timidamente. Dou boas-vindas ao Outono, um sopro de frescor entre o ardor do verão e a frieza do inverno. Levanto-me, hoje, e considero este novo dia, um novo desafio, uma nova chance de fazer o meu dia melhor do que ontem.

Nesta época de pandemia, de recolhimento compulsório, você pode assistir ao pôr do sol, ler um bom livro, ouvir uma música, escrever um post no blog, conversar em um aplicativo de vídeo, organizar um armário, fazer um bolo. Tudo é válido, se nos preenche a alma, não, apenas, nosso tempo ocioso.

Nesta época, aprecie a beleza que nos rodeia. Podemos ser obrigados a praticar o distanciamento social. Não precisamos nos distanciar do que nos alimenta a alma.

É preciso exercitar mais o silêncio e a invisibilidade, nesta época de isolamento em família. Manter “escritórios” separados e respeitar as necessidades uns dos outros. Não apenas é necessário. Eu diria que é obrigatório para relacionamentos saudáveis.

Se eu estiver avançando neste processo de alimentar a paz, em confinamento, então estou bem. Há tanta coisa na vida para desfrutar e agradecer. Eu reconheço meus privilégios, nesta época difícil para tantas pessoas. Todos os dias, reconheço como sou abençoada. E agradeço.

Imagem : Loe Moshkovska by Pexels

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.