Esconderijo perfeito

À escrivaninha. 19°C lá fora. Céu nublado, com um azul clarinho e nuvens carregadas, como um quadro através de minha janela. Choveu esta madrugada e continua chovendo agora. Os bem-te-vis disputam cantoria com outras vozes que não reconheço.

Na newsletter matinal de hoje, a Vanessa Guedes conversa sobre a forma como levamos nossa voz pelos imensos caminhos da internet. Confesso que fiquei contente ao ler que os blogs não chegam mais nas pessoas – a menos que você já seja famoso por algum outro motivo ou tenha um público leitor fiel que começou com você 10 anos atrás.

Sim, é exatamente por isso que fechei o meu blog “famoso” e vim escrever aqui, em minha escrivaninha virtual. Este é o lugar onde deixo os pensamentos saltarem da mente. Um cantinho de escrita solitária e íntima. Sem olhares por cima dos ombros. O blog é o esconderijo perfeito para dar vazão aos suspiros indizíveis da minha alma.

De vez em quando, aparecem algumas pessoas amigas para ler sobre o que me ilumina a alma e afaga o meu coração. E compartilham um comentário e um carinho. Elas também, como eu, mantêm um espaço como este onde deixam suas alegrias, seus anseios, seus sonhos.

Então, que bom saber que os blogs pessoais, como este, têm pouco alcance, hoje em dia. É bom lembrar, enquanto escrevo, que este lugar de refúgio me proporciona o poder de transformar o que amo — escrever— em uma atividade gratificante e solitária.

  • Ah, assine a newsletter da Vanessa. É um carinho em sua caixa de e-mail, anote aí.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.