A vida é mais tempo alegre do que triste

À escrivaninha. 27°C lá fora. Céu nublado. Dia chuvoso. Olho pela minha janela e vejo um pássaro voando sobre o telhado do prédio em frente, enfrentando a chuvinha fina. Os bem-te-vis cantam tímidos. Talvez não gostem de dias nublados… Conforme o tempo passa, as coisas se desgastam. A natureza segue impávida. Conforme o tempo passa, … Ler mais

Mova-se em busca da energia do sol

À escrivaninha.  25°C lá fora. O céu está cinzento. A primavera continua fria e nublada, mesmo com um solzinho tímido. Quero luz e calor! Enquanto você ainda tem condições, vá a lugares, faça coisas. Esta frase, que ouço frequentemente, finalmente, me impactou, quando visitei meu pai, há alguns dias. Ele segue o mesmo padrão de … Ler mais

Gratidão por quem cuidar de mim

À escrivaninha. 21°C lá fora. O céu está lindamente azul com muitas nuvenzinhas. A primavera chegou fria e nublada, mas muito bem-vinda. Tenho pensado muito em como tornar meu corpo sustentável para tornar a velhice mais confortável e menos dolorosa. Estou disposta a prestar mais atenção em minha alimentação, aumentar minha movimentação e desenvolver minha emoção … Ler mais

Você vai me deixar falar?

À escrivaninha. 22°C lá fora. O céu está nublado, encoberto, cinzento. Quero meu azul de volta! Inexplicavelmente, sinto frio. Estive refletindo sobre se é fácil conviver comigo, agora que passei dos 60 anos. Eu penso que sim. Suponho que as minhas meninas podem discordar, mas, sou, sim, fácil de conviver. Preciso de bem pouco para viver e não gosto de conflitos. … Ler mais

Precisamos apenas aproveitar cada dia

À escrivaninha. 23°C lá fora. O sol continua a brilhar em um céu maravilhosamente azul. Sinto calor. Gosto disso. Fiz mingau de aveia e suscitei lembranças da infância e adolescência, na cozinha de mamãe. Nostalgia. A aposentadoria pode ser solitária. Não significa que seja triste. Estou confortável em minha condição de “não ocupada”. Algumas manhãs, percebo … Ler mais